A precisão dos sinais do treino animal

Este artigo não está completo, o texto completo poderá ser encontrado no manual “Teach without Speech”. Lançamento em breve.

O treino animal deve ser uma comunicação clara e precisa entre espécies. É importante respeitar e entender as espécies que estamos a treinar.

Este pequeno artigo demonstra como os sinais simples e precisos são efetivos com calma e respeito com cães.

Em primeiro, algumas informações básicas.

Comunicação canina
– Os cães comunicam maioritariamente por sinais visuais.
– Demonstram uma mímica e linguagem corporal sofisticada.
– São excelentes observadores da nossa linguagem corporal.

Comportamento
– Resposta a um estímulo.
– Influenciado pelo ambiente.
– Varia consoante as consequências.

Aprendizagem
– Processo de modificar comportamentos.
– Aprendizagem não-associativa.
– Aprendizagem associativa (Condicionamento clássico e operante).

Definições
– Um sinal é tudo o que intencionalmente causa a alteração do comportamento do receptor.
– Um indício (Cue) é tudo o que de forma não-intencional causa a alteração do comportamento do receptor.
– Um comando é um sinal que causa a alteração do comportamento do receptor de uma forma especifica sem variação ou com uma variação extremamente mínima.

Sobre os sinais:
– Um sinal tem um significado e uma forma.
– Bons sinais são eficazes.
– Maus sinais são ineficazes.
– Os sinais visuais são melhores quando o cão está relativamente perto de nós, e sinais sonoros tendem a ser melhores quando o cão está longe.

Numa forma prática:
– SMAF – Acrónimo de Signal Meaning and Form (Sinal, Significado e Forma).
– SMAF é uma linguagem científica para treino preciso criada pelo Dr. Roger Abrantes.
– Para cada técnica treinada, além de outros tópicos, precisamos de um Plano de Ação (P.O.A) com a descrição precisa dos sinais.

Exemplos de técnicas padrão:
Para simplificar, vou escrever uma única linha com a Técnica a ensinar => O significado do sinal => A forma do sinal.

Nome(Técnica) => Olha para mim(Significado) => Nome,som(Forma)

Senta(Técnica) => Coloca o traseiro no chão
E mantêm-o lá até receberes
outro sinal(Significado) => Senta,som + Senta,mão(Forma)

Deita(Técnica) => Coloca a barriga no chão
E mantêm-a lá até receberes
outro sinal(Significado) => Deita,som + Deita,mão(Forma)

Sim(Técnica) => Continua(Significado) => Sim,som(Forma)

Não(Skill) => Pára(Significado) => Não,som(Forma)

Técnicas Senta e Deita por um jovem treinador. 

Técnica Sim—Não com um cachorro de dois meses e meio. 

A importância de ter uma linguagem clara e simples.

Exemplos de precisão nos sinais.

Pode aprender mais sobre este assunto através dos cursos e livros sobre o assunto no Ethology Institute Cambridge em língua portuguesa — Dr. Roger Abrantes:
Manual SMAF
Os 20 Princípios que todos os treinadores de animais devem conhecer
Treino animal — A minha maneira

Autor: Roberto Barata

Animal Trainer, Consultant and Instructor; Ethology Institute Tutor; Scientific and Popular Articles Writer; Animal FACS and Pets in Society (anthrozoology) Technical Researcher.